quarta-feira, 18 de julho de 2012

Boa Leitura com o Livro: "Garras de Grifo"


Capa do Livro

Olá Leitores.
Hoje na sessão Boa Leitura entrevistaremos o autor Leandro Reis, bem conhecido por sua trilogia "O Legado de Goldshine".
Nesta entrevista você fica por dentro do seu novo lançamento: O Livro "Garras de Grifo".
Não perca mais essa aventura!



Um P.S. pra galera que esta pensado em ir na Bienal do Livro em São Paulo. O Leandro vai estar lá nos dias 11, 12,18 e 19 de Agosto, no Stand da Editora Cuore (E 99).

BOA LEITURA!

1- Em qual gênero se encaixa o Livro Garras de Grifo?
O Garras de Grifo consiste em uma história de aventura, ambientada em um cenário medieval. Esta história possui um uso bem ponderado de magia, contudo apresenta criaturas mitológicas como Grifos, Mantícoras, Unicórnios e Minotauros, além de criaturas fantásticas próprias de Grinmelken.
Soma-se a isso um enredo que traz aventura, batalhas selvagens, traições, vinganças e uma dose de tragédia.
Enfim, eu chamaria de Sword and Sorcery. Alguns diriam que é Medium Fantasy. Outros dirão que é apenas Fantasia.
De qualquer modo é um livro para os fãs de uma boa aventura, recheada com tramas surpreendentes, doses de comédia e ação a cada capítulo.
Nas livrarias, ele será encontrado na seção ROMANCE. Acredito que essa seja a classificação escolhida pela Idea Editora, responsável pela publicação.
E eu que pensei que responderia essa pergunta em uma linha... rsrs

2- Do que se trata a história do Garras de Grifo?
O Garras conta a história de Alexia e Ingrid, irmãs gêmeas cujo o pai desejou transformar nas maiores guerreiras da tribo, para provar que seu sangue era forte e as superstições eram tolas. 
A história divide-se em três atos, que chamei de Grifos, Garras e Fúria.

O primeiro Ato conta a criação delas sob o desejo obsessivo do pai, onde o treinamento se torna um grande fardo e, somado a uma tragédia, faz com que as gêmeas deixem a tribo.
O segundo Ato traz reviravoltas e muda o que pensávamos entender até então, enquanto as gêmeas se aventuram pelo mundo, colocando à prova o que aprenderam e tentando desvendar a tragédia que lhes assolou e tentam encontrar uma maneira de trazer tudo ao normal.
Já o terceiro Ato, apresenta uma resolução épica com mais reviravoltas e surpresas especiais para meus antigos leitores.
Enfim, Garras de Grifo é um livro difícil de se resumir, sem revelar coisas importantes. Sempre tento fazer uma história para surpreender. Tenha ela três livros ou um.

3- Como foi escrever este livro? De onde tirou a inspiração?

A inspiração, assim como a da trilogia Legado Goldshine, veio de jogos de RPG, lendas gregas e games. O Garras de Grifo tem muito do que gosto nas tramas de Conan, tem a aventura do RPG e um tempero especial de tragédia grega.

4-O que mais lhe agrada nesse livro?
Agrada-me muito o modo como a história flui. O Garras de Grifo é um livro do tamanho do Filhos de Galagah, 1° livro do Legado. Apesar disso, tem mais que o dobro de capítulos, divididos em três Atos. Acredito que isto reflita muito o quanto aprendi, como escritor, nos últimos anos. Tenho certeza de que o livro é um destes que a gente devora em poucos dias e isso me agrada muito. Esse resultado me deixou orgulhoso.

5- Em média, demorou quanto tempo para escrever o livro Garras de Grifo?
Levei seis meses para escrever o Garras de Grifo. Acredito que esse é o meu tempo, uma vez que divido a carreira de escritor com a carreira de Analista de Sistemas.


 6-O Livro Garras de Grifo faz parte da sua primeira Trilogia?
Garras de Grifo é um livro volume único e não faz parte da história da Trilogia Legado Goldshine. Contudo, é no mesmo mundo, 50 anos depois do que aconteceu na trilogia. Um dos personagens protagonistas - que adora maçãs - participa do livro Garras, contudo, realço: São histórias distintas.

7- Qual é a sua trilha sonora para escrever?
Eu coleciono trilha sonoras, tendo mais de 100 CD`s, todos com músicas de filmes deste gênero. As que ouvi muito para escrever o Garras foram: Lendas da Paixão, Cruzada, Paixão de Cristo, Assassins Creed 3, Conan Barbarian e, claro, 300.

8- Haverá uma continuação para esse livro?
Garras de Grifo é uma história fechada e, por enquanto, não tenho planos de escrever outras histórias com eles. Mas, quem sabe como será o amanhã? 

9-Qual a sua dica para quem quer seguir a carreira de escritor?
Estude, leia, escreva, aprenda, treine e, principalmente, escute. Não tem formula mágica. A dica que mais dou é: escreva testes antes de sair escrevendo um livro. Estes testes podem ser contos. Quem começa com o livro, acaba gerando uma obra com rebarbas e isso deixa mais difícil publicar.
No meu site, deixo sempre dicas para a galera, fica o convite para darem uma olhada por lá. 


10- Considerações finais:
Fica o convite para a galera conhecer a página oficial do Garras, onde temos Sinopse, Prologo e, em breve, os primeiros capítulos.
Para quem quiser adquirir o livro autografado e antes dele chegar nas livrarias, ele está a venda no site de Grinmelken com um desconto legal.
Fica o convite!


Sinopse do Livro

Garras de Grifo é uma aventura selvagem, de sofrimento e coragem, na qual a vitória só poderá ser conquistada no fio da espada e com o sangue de heróis.
As gêmeas, Alexia e Ingrid, nasceram em uma tribo localizada nas inóspitas savanas bárbaras, onde vivem guerreiros ferozes, criaturas sobrenaturais e deuses antigos.
Treinadas sob a espada severa de seu pai, elas tiveram sua força e resistência forjadas no suor e na dor. Contudo, todo o treinamento não as preparou para o maior desafio de suas vidas: A ruína de seu povo, causada por ganância e traição.
Essas guerreiras vagarão pelo continente, passando por aventuras épicas, conhecendo locais fantásticos e fazendo aliados improváveis, enquanto lutam pela sua sobrevivência e buscam vingar seu povo.
Distante, um deus as observa. Uma força caótica, que ri ao vê-las lançando-se com fúria cega em uma batalha contra o impossível: Derrotá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário